domingo, 8 de janeiro de 2012

Resoluções ambientais para 2012


Eu estive quase para faltar a esta primeira Teia Ambiental de 2012, porque encontro-me numa fase de pouca inspiração para escrever… mas a minha consciência verde falou mais alto e pensei que a luta por um melhor meio ambiente não deve esmorecer apenas por causa da falta de simetria das palavras, porque esta é uma tarefa feita de atos e factos diários, pequenas atitudes do nosso quotidiano que juntas, farão a diferença. Portanto, minha gente, não esperem de mim, um grande texto, mas sim uma grande boa vontade em mostrar um pouco das minhas pequenas(e algumas grandes resoluções) que resolvi tomar este ano para contribuir para a saúde do nosso lindo planeta. Cá estão algumas:
No trabalho:
- Continuarei a gastar o menos papel possível, ao lidar com ficheiros digitais, imprimindo apenas o que for imprescindível, reutilizando o papel ao máximo.
- Tentar que as notificações sejam feitas o máximo possível por via telefone ou electrónicas. As que foram por papel, propor que sejam em papel reciclado, o que ainda não acontece.
- Café – acabar com os copos de plástico. Já ganhei de uma grande amiga uma linda chávena para o efeito( e é verde!). A longo prazo vou tentar evitar o uso de cápsulas, levando o café num termo, utilizando na sua confecção pó de café produzido por comércio justo e coado em filtro de pano.
- Água – deixar definitivamente de beber água engarrafada. Já o faço em casa, no trabalho, às vezes o comodismo fala mais alto, mas este ano vou tentar esmerar-me nesta prática, e existem garrafas tão bonitas, para me incentivar…
- Toalhas de papel – deixar de usar toalhas de papel da casa de banho e levar uma pequena toalha para limpar as mãos.
- Deixar de usar o elevador, além de gastar menos energia, faço exercício.
Em casa:
- Evitar compras supérfluas, para diminuir a produção de lixo, gastando tudo o que tenho até o fim. Um exemplo: Há alguns anos optei por utilizar apenas gel de banho, mas ainda tenho alguns sabonetes em barra, que sobraram e me oferecem. Vou utilizar todos os produtos que tenho e só depois comprarei mais. O mesmo para outros itens: roupas, comida, produtos de beleza…
- Fazer menos quantidade de comida – essa prática já venho utilizando há algum tempo. A frase que mais funciona agora é : É melhor faltar do que sobrar. Deitar comida fora é impensável por várias razões.
- Fazer compras em grandes superfícies o menos possível, por vários motivos também: para comprar menos, para comprar menos embalagens, para evitar que menos pequenos comerciantes fechem as portas engolidos pela selvageria comercial.
- Tentar comprar mais matéria-prima e menos produtos fabricados como bolachas, pães, iogurtes, etc. Esta é um pouco difícil, porque é preciso tempo disponível, mas qualquer coisa que faça neste sentido já é um bom começo, pois são menos embalagens, menos lixo e alimentos mais saudáveis para todos.
- Plantar uma horta caseira e dedicar-me mais à jardinar(no meu caso em vasos!).

A nível pessoal:
- Tornar-me definitivamente vegetariana. Esta é uma das grandes resoluções deste ano, mas um passo que até agora não está a ser muito custoso, porque foi uma resolução gradual. Para além do benefício ambiental ( que já foi abordado magnificamente aqui na Teia pelo Gilberto) está a ser muito benéfico também a nível pessoal, pois sinto-me mais tranquila e leve a nível consciente.
- Comprar menos roupa, acessórios e materiais para trabalhos manuais – esta resolução já estou a por em prática há já algum tempo, porque o consumo desenfreado em qualquer situação, além de nos tornar escravo da tralha, gera mais lixo a longo prazo. 
Na foto abaixo, em 2009, podem ver a quantidade de roupa minha sem uso que eu retirei do guarda roupa para doar...e não ficou por aí...
Nesta foto, do ano passado, podem ver a quantidade de lãs que organizei. Não comprarei mais nenhuma até que utilize estas...

- Tentar aproximar-me ainda mais da Natureza com mais passeios ao ar livre, explorando a beleza natural do nosso país em caminhadas.
- Não comprar revistas em papel. Este é um vício que tenho e que já estou a abolir, já estou muito mais contida.Comprava religiosamente cerca de 4 a 5 revistas por mês, actualmente só esporadicamente compro...

E hoje fico por aqui! Até a próxima Teia, espero que dessa vez, mais inspirada!

7 comentários:

  1. Boas resoluções e sempre oportunas em qualquer tempo...beijos,lindo domingo e semana!chica

    ResponderEliminar
  2. Queridissima Lina,
    gosto de atitude e esta lista verde de "Must DO!" está impregnada de atitude, consciência expandida e respeito pela vida e pelo planeta.

    É uma tarefa herculana mas não desanimes se apenas cumprires à risca, 2 a 3 itens. As conquistas são feitas por etapas e todos os passos que deres em frente não podem recuar com outros passos que deixaste de dar.

    Foi assim que fui fazendo, step by step, lentamente, mudando hábitos. No escritório e em casa utilizo ao máximo a desvirtualização de papelada, inclusive as facturas da EDP, de telecomunicações, extractos bancários,..., recebo tudo por email e guardo em ficheiro. A EDP é um caso especial pois optei pelo pagamento certo todos os meses e assim só recebo (por email) uma factura anual juntamente com o aviso de acerto anual. Todos os anos, a EDP atualiza para cima ou para baixo, o duodécimo mensal de acordo com o que se gastou no ano anterior. A mim dá-me muito jeito isto de ter débito directo fixo.

    Aplausos para a minha irmãzinha verde.
    Beijinhos,
    Rute
    P.s.-Também acabei por postar para a teia :)

    ResponderEliminar
  3. Lina, que fantásticas resoluções ambientais.
    Fazer mudanças, boas mudanças, é sempre benéfico. Fazer-las de modo "ecológico" melhor ainda. Bons objetivos, boas metas. Como se costuma dizer... és cá das minhas. :) Podemos sempre minimizar o consumo.
    Bjs!

    ResponderEliminar
  4. Lina, muito boa sua participação, vc pensa que não está inspirada,mas essas suas resoluções são mais que inspiração, é consciência, determinação. Algumas resoluções suas já estou colocando em práticae outras como vc, vou me esforçar. Nem devemos desanimar, sempre seguindo em frente em prol da Natureza, em prol do nosso próprio bem estar. Parabéns amiga, estou com vc. Bjos. Ótimo domingo

    ResponderEliminar
  5. Oi, querida!!

    Adorei suas resoluções! Algumas delas eu já sigo, outras, eu tento ... rs ... um dia eu chego lá :)

    Um maravilhoso ano de 2012 pra vc tb!! E td sua família!!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  6. Minha querida Lina:

    Só hoje estou lendo e comentando sua postagem de janeiro !!!
    Tivemos um final e início de ano complicado aqui em casa.
    Minha netinha nasceu prematura no dia 31 de dezembro e está ainda - e por tempo indeterminado - na UTI do hospital.
    Não parei de escrever mas fico devendo comentários nos blogs amigos e no meu próprio, pois, apesar dela estar crescendo, a situação é grave e vivemos um dia de cada vez...

    Adorei sua postagem e até fiquei emocionada com suas palavras e decisões !
    Que você consiga cumprir todas essas resoluções e que seu exemplo sirva para outras pessoas, pois esse é o objetivo da nossa Teia Ambiental.

    Só no final da tarde coloquei minha participação de Fevereiro e estou percorrendo todos os blogs que normalmente participam.
    Pena v. não ter feito sua postagem dessa vez...

    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Levo muito a sério isso de não fazer compras em grandes superfícies e de comprar mais matéria prima do que produtos industrializados. Mas moro na Palestina e é bem mais fácil fazer isso quando a feira é do lado da nossa casa e não tem nenhum carrefour no país. Sei que seria muito mais difícil continuar com esse estilo de vida se estivesse na Europa (mas não impossível), por isso te desejo toda a sorte do mundo.

    ResponderEliminar